Um mestre chamado Jair Mendes

Por Sinny Lopes O homem nasce de um ato de amor que traz consigo a fecundação da vida. O mito, enquanto ser humano, nasce da grandeza de seus feitos, da glória de suas conquistas e da imortalidade de sua existência por meio de seu nome. Na mitologia cabocla, seres fantásticos habitam um universo folclórico formado... Continuar Lendo →

O velho, o curumim e eu

Por Sinny Lopes 1999, véspera de festival, o sol se punha tornando o céu dourado-carmim com leves pinceladas de lilás puxando para o azul escuro e trazendo consigo a noite na ilha dos Parintintin. Saindo do aeroporto Júlio Belém peguei um táxi maravilhado com aquele céu ao ponto de contemplá-lo de dentro do veículo. O... Continuar Lendo →

Uma toada, uma festa, uma vitória!

Por Sinny Lopes 2003, passeata da vitória do Boi Caprichoso, o brio, a fibra, a alegria, o ego e, principalmente, a honra azul e branca fora “vingada”. Depois de amargar quatro derrotas consecutivas, três delas altamente duvidosas (2000/2001 e 2002) ,que imprimiu à Nação Azul e Branca duas derrotas históricas fazendo o torcedor azulado desacreditar... Continuar Lendo →

WordPress.com.

Acima ↑