Do carnaval para o festival: não me leve a mal!

Por Nárnia!

O mundo bovino, porém cão – mais cão do que bovino – dividido entre azul e vermelho passou rebuceteado pelo carnaval. Mas, a fantasia [de muitos!] continua rumo ao festival.

153179698300082328e445cad3b545d149e5b032e723a8b6e693aa85bf207d6bc2750a7bd7f112d4fddd5949735d5caaade06e12697c82a824b9b290fd5b028fff209a476b541

Climão

A relação entre Babá Tupinambá e Jender Lobato, presidente e vice do Boi Caprichoso, respectivamente, está estremecida.

Climão 2

Começou com o “rifar” da candidatura de [Jender] Lobato em “acordo” com o prefeito Bi Garcia, costurado pelo presis blue, visando apoio em 2020.

1531796983000998e43b97ce5b6337844a68231bc44d1b003c28a2bfe6a9f63d23be5439a02a13178cf0c43bf7911ef2c2d1b1d0a9e798614558f8f4b1b89bc5db69a2354c5da

Climão 3 

Intensificou-se quando o presis blue “deu” asas à polêmica da reeleição. A postura e, principalmente, as falas [brandas] de Babá desagradaram seu vice que viu no episódio como um gesto de traição/ingratidão.

Climão 4

A situação piorou ainda mais quando Jender Lobato teve acesso a um áudio do próprio companheiro de cargo o detonando para terceiros.

1531796983000965665dea953a7360fc9d48b2a5c9a82e5b4a257c5e885ffa3f5ec8bd49a5768eba8d6ffffeae3a2d0bdd08f5ba0bf8475a6965378d7a05b4c0f3dc29a0b0238

Meu velho.

Fala curumim alesado.

O que o senhor me diz?

Babou, baby!

Off line.

1531796983000a3eef2b94cca3c329fe44034407e69fdd6d7a6842762a79d1f5598fee098277e094aaff5344ca45ce80a642b88d46b69c9112da82fc536cb9631f185cda54d62

Não basta dizer: tem que aparentar. Caso contrário, fica descarada a demagogia nas palavras [vazias] e nas atitudes.

153179698300053b9c5ca2fcefb20b925133eff00072403fcff23d668f53b2268103eb01f17258a8966ead8e1f8abba7b3e90415ccb1fb2cf04310cdf773695d8a27062f475c2

* Bico Doce, sempre ele, cantou ao cretino colunista que Babá Tupinambá não atendia aos telefonemas de Jender Lobato.

* Cantou também que cansado de ligar o vice-presis enviou um “alcorão” em forma de mensagem via Whatsapp.

* A coluna teve acesso à mensagem. Inicia com Jender perguntando se Babá irá cumprir com sua palavra dada em 2016.

* O vice-presis blue ressalta sua lealdade e trabalho árduo junto ao Boi (leia-se jurados, questões jurídicas  – China, Justiça do Trabalho e leilões).

* O vice-presis chama à atenção para as dívidas da gestão. Demonstra-se preocupado com a crise financeira na qual o boi se encontra. Cita a questão do “homem voador” e dos trabalhadores do boi.

* O vídeo do presis blue, falando da reeleição, divulgado no carnaval foi tardio e não estancou a sangria e cessou as discussões internas.

* Nos bastidores da Gomes de Castro, o presis blue é, veladamente, criticado por não está focado 100% em 2019,  parte do seu foco estaria na sua candidatura no pleito municipal em 2020.

* A respeito disso, um dos conselheiros blue desabafou em uma longa conversa com o cretino colunista: “Nas redes sociais ele diz está focado. Fora delas [ele] só pensa em 2020 e no apoio do prefeito”.

* O conselheiro prossegue com o desabafo: “Temos um projeto lindo para o tricampeonato. Mas, não sabemos se irá [completo] para a arena”, salientou.

* Perguntado sobre o motivo, o conselheiro foi direto: “A prioridade não é só o Boi de Arena, o boi terá que fazer ajustes para assim possuir recursos para pagar o presidente”.

* A referência é ao empréstimo (de Babá para o Boi) autorizado pelo Conselho Fiscal no valor de R$ 300 mil no início de sua gestão.

* Por fim, o conselheiro faz uma observação: “O contrário têm mais recursos a receber do que nós. Temos em torno de R$ 800 mil a menos devido às antecipações de cotas de 2019 realizadas ainda em 2018″.

* O Boi Caprichoso realizou nesta semana o pagamento de todos os músicos que participaram da gravação do CD 2019. É assim que se faz. Parabéns presis blue!

* Por falar em CD blue, ele contará com duas participações mais do que especiais: a do Coral Adulto do Liceu de Artes Cláudio Santoro e a do Grupo de Canto da Litúrgico da Catedral de Nossa Senhora do Carmo na toada “Matriarca” (César Moraes). Arrasou!

* O Carnailha sem dúvida nenhuma é o grande produto de entretenimento e cultural depois do festival. E em 2019 foi um sucesso muito por conta da Chave dos Irreverentes, na primeira noite.

* O Carnaboi, em Parintins, foi um sucesso retumbante. Tanto de público quanto de shows. Uma tacada de mestre da Prefeitura de Parintins e do prefeito Bi Garcia.

* Os bois receberam como cachês 1.000 tururis. Segundo informações prévias, o Boi Garantido vendeu todas as suas peças e Edmundo Oran vendeu mais peças que o próprio boi.

* O cretino colunista sentiu a falta de diretores tanto da Baixa quanto na Francesa durante o Carnaboi. Tirando os que estavam no Rio, evidentemente.

* O Boi Garantido lançará sua camisa oficial no próximo dia 29 na inauguração do Shopping Perreché. Tom Carvalho é o designer que assina a peça.

* O CD red “Nós, o povo!” “vazou” pra geral no mundo bovino. E surpreendeu ao mesmo passo que agradou.

* O produto final contendo o repertório encarnado é assinado pelos produtores Valdenor Filho, Enéas Dias, Adriano Aguiar e Alder Oliveira.

* O quarteto perreché fez um belo trabalho. Uma produção impecável tanto na qualidade técnica quanto musical.

* A obra se destaca pela excelência da simplicidade. É um CD sem muitas firulas, enfeites e efeitos.

* Um CD totalmente limpo, audível, cadenciado e gostoso de ouvir e de cantar da primeira à última faixa.

* Aliás, muito boa a ideia de abrir o CD com a toada tema “Nós, o povo!” (O que é de práxis!) seguido de “Meu Nome é Povão” e fechando com “O Maior Boi do Mundo”.

* O rubro CD ficou dentro da proposta do boi e de sua Comissão de Arte. E, o mais importante: ficou com a cara do Garantido.

* A surpresa, super positiva, foram as quatro toadas estratégicas mantidas em segredo e reveladas no CD. De fato, complementaram o repertório e o deixaram redondinho.

* “Festa da Liberdade” (Fred Góes, Marcos Moura, Alder Oliveira, Adriano Aguiar e Enéas Dias), “Povo Amazônia” (Aldson Leão e Carlos Kaita), “Alegria e Folclore” (Rafael Marupiara e Enéas Dias) e “Flechas Serpentes” (Rozinaldo Carneiro, Marlon Brandão e Iranildo Henrique) ratificaram os acertos no processo de seleção conduzido pela Comissão de Arte.

* O Garantido provando a máxima popular de que menos é mais. Seu CD 2019 é prova e exemplo disso.

* A única falha e crítica ao CD é a ausência do nipe de metais na produção em geral.

* Muito feliz a divulgação do CD e das letras no YouTube. Enfim, os novos tempos na questão musical. As platafornas digitais agradecem e os torcedores, idem!

* O Governo do Estado “tomou” de volta 100% do festival para suas mãos,  sendo o único responsável por sua realização.

* Mais detalhes na versão online e ao vivo da coluna na fanpage do Portal de Parintins no Facebook. A partir das 19h. Não perca!

É só…

Por hoje!

Até a próxima…

1531796983000dc096649a01753b70cd28605b0af553794bb693ad9272057482880f63bf7f43f505160972caf70667d8fa1a56bd7db11c21c2f3e04e8e370b6ffed278ea1f50b

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: