DSEI/PIN cria 1º Pelotão de Saúde Ambiental Indígena, em Barreirinha/AM

O objetivo do projeto é mobilizar a comunidade escolar sobre a importância dos cuidados com a saúde ambiental.

O Distrito Sanitário Especial Indígena de Parintins (DSEI/PIN) através do Serviço de Edificação de Saneamento Ambiental Indígena (SESANI), realizou a implantação do 1º Pelotão de Saúde Ambiental Indígena, no município de Barreirinha (distante 331 quilômetros de Manaus) em sequência ao Plano de Implantação e Manutenção do Programa de Gerenciamento dos Resíduos Sólidos nas Aldeias de abrangência do DSEI/Parintins.

De acordo com o chefe substituto do SESANI, Alair Nunes, o principal objetivo do projeto é mobilizar a comunidade escolar, docentes, discentes e colaboradores da Escola Professora Rosa Cabral, as famílias do entorno da escola e comunidade em geral, sobre a importância dos cuidados com a saúde ambiental.

Alair ressalta que o evento foi concluído com resultados satisfatórios, acima do esperado, pois o trabalho com as especificidades culturais é uma troca de experiências onde todos os participantes saem ganhando. “O corpo docente mostrou-se interessado e comprometido no decorrer das atividades, e apoio nas interpretações. Os alunos demostraram reciprocidade através das aulas expositivas e prática de campo nas dependências da escola, porém, com um pouco de timidez no início”, destacou.

IMG-20180904-WA0061IMG-20180904-WA0062IMG-20180904-WA0063IMG-20180904-WA0059

As atividades foram trabalhadas respeitando as especificidades culturais. Houve demonstração de como é feito o descarte dos resíduos sólidos na hora certa e lugar certo, haja visto que na escola foram edificadas duas latrinas para depósitos dos resíduos sólidos não contaminantes com apoio do SESANI, sendo uma para latas e vidros, e outro para papel, sacolas, etc.

Apresentação no dia 07 de setembro

No dia 07 de setembro, Dia da Independência do Brasil, os alunos irão apresentar através dos Pelotões de Saúde Ambiental Indígena, faixas, cartazes e poesia sobre o meio ambiente, resultado dos serviços compartilhados entre escolas e DSEI/Parintins.
A visitadora sanitária Terezinha Pereira, agradeceu a todos que participaram e se empenharam neste importante projeto que visa a saúde ambiental. “A coordenação do DSEI/PIN, em nome do coordenador José Augusto, fica feliz em implantar o 1º Pelotão de Saúde Ambiental Indígena em Barreirinha, um projeto que comtemplou dezenas de pessoas que não tinham nenhum tipo de cuidado com o gerenciamento de resíduos sólidos”, completou.

Homenagem da Comunidade Escolar

A Escola Municipal “Professora Rosa Cabral” está localizada na comunidade indígena Ponta Alegre, margem esquerda do Rio Andirá, na área Indígena Andirá/Marau no município de Barreirinha/AM, com 504 Famílias e 2.185 pessoas e 10 aldeias
Durante o encerramento das atividades, a equipe do SESANI foi homenageada pela comunidade escolar com uma música em português e Sateré Mawé, composta pelo professor Honorato Henegke, além de uma poesia que foi criada pela professora Marilucia Menezes, para ser lida à comunidade em geral, durante os desfiles da Escola, no dia 07 de setembro.

Música: Bem-vindos de Agraciamento a Equipe SESANI/DSEI/PIN

Bom dia! Ihot’ok!
Bem-vindos meu irmão.
Waku kahato eriot uiwy.
Foi um belo encontro meu irmão.
Waku kahato wotopuenti.
Todos dão-se as mãos.
Torania toiro watoposat.
Autoria: Honorato Henegke
Prof. Indígena
Escola Rosa Cabral – Aldeia Ponta Alegre –Barreirinha-Am

POESIA I PELOTÃO DE SAÚDE AMBIENTAL INDÍGENA PARA O DIA 07 DE SETEMBRO

Respeite a Natureza
Viva 7 de setembro!
Data histórica a relembrar
I Pelotão de Saúde
Estou aqui a representar!
​A Natureza é importante
Para a vida continuar
Convido a todos os amigos
Para juntos cuidar!
Cuidar do ambiente,
É nossa obrigação.
Cuide do seu lixo!
Mostre sua Educação!
No ambiente bem limpinho.
A saúde vai! vai melhorar!
Vamos cuidar da nossa aldeia
Para não contaminar!
Autora: Marilucia Menezes/Esc. Rosa Cabral
Prof.ª do Maternal/2018. Aldeia Ponta Alegre/Barreirinha-Am

Texto: Cayo Dias/DSEI-PIN