Ao pé da roseira: só espinhos!

Por Nárnia!

O mundo bovino, porém cão, mais cão do que bovino, dividido entre azul e vermelho, é surpreendentemente: cão! Quando menos se espera ele rebuceteia miríades.

1524423478000ae6acfbb09e7ae3aaa53056ecf3468f91ebf64efe1725288b8513c91e27cc8c3225f00cc269e15e8ea0d00452dd259fdb3c7b613442a88a917f496f76fcccd91

Tema Blue

“Um Canto de Esperança para Mátria Brasilis” – esse é o tema que o Boi Caprichoso levará para a arena do Bumbódromo em 2019, na busca do tricampeonato, lançado nesta quarta-feira, 22, Dia do Folclore, no curral Zeca Xibelão.

Tema Blue 2

Um lançamento digno de um boi bicampeão, diga-se de passagem. Cantos tribais, cantigas folclóricas, samba, a genialidade e a brasilidade de Tarsila do Amaral serviram de introdução para o tema escolhido/revelado.

1524423478000fbe4e1a59b3dfe31545b05926ef29e7f36b1f717384d3b787a706d7c90de271db7fb2c5e2ddacf539e86bc5b63b8cb29aad87d1465aab2ef83b2a3cd65e4df34

Tema Blue 3

Se antes, não seria razoável apontar o Boi Caprichoso como franco favorito ao título de 2019. Hoje, com seu tema lançando, da maneira que foi, e com o seu contexto, é loucura não apontá-lo como tal.

Maus lençóis

Ao lançar seu tema tão forte, complexo e profundo o Boi Caprichoso põe seu rival em uma situação ainda mais difícil (pós-resultado): superá-lo nesse primeiro momento. E, pior ainda: superá-lo na arena.

1524423478000de45092816e5925895746d920de147cd9965c3a7c81bb8acb4dc395d7a6e24aa84d69d158815f73453c30faf8b58777fc3a1663c5c4cba3b2f69317decf84b93

Oi meu velho. Tudo bom?

Não venha com tuas gracinhas de baitola, curumim alesado!

Que é isso meu velho. O senhor sabe que lhe tenho um grande apreço e profunda admiração, e jamais iria zombar do senhor em um momento tão difícil e delicado quanto este.

Ah, bom. Preciso desabafar, curumim.

Então, vamos sentar ao pé da roseira?

Ah, fdp!

Off line.

15244234780007eeee527a5aeaca610958b98f97be2543c7ced658e728886d9f09b6257de52fbebd6f26e376508ef0ba998aa58df14f67ba9db6525e524123c241f687592234b

Valorização começa por si próprio para depois alcançar as demais pessoas. Raivinhas e chantagens (emocionais) não condizem com grandes artistas bovinos. Vai um “Semancol”, mesmo que seja de leve?

152442347800086d1722c82cef232486a245ba9c640ce79cf03eca6bb37a0d5069e24855f9c87d7bd9f7088af47c457def9d85a0b65da8803ac419a026850c0b4cf24be399381

* O lançamento do tema 2019 do Boi Caprichoso consagra Ericky Nakanome como a grande mente (pensante e artística), atualmente, do Festival Folclórico de Parintins: “E pluribus unum”!

* Quer seja pela conceituação da temática narrativa de apresentação enquanto espetáculo cultural, quer seja pela contextualização folclórica-popular-acadêmica da mensagem transmitida. De maneira inovadora, moderna e surpreendente, sem jamais ser arcaica, obsoleta e padrão- expectável.

* “Um Canto de Esperança para Mátria Brasilis” é antes de mais nada o fechamento de uma trilogia que em síntese perfunctória quer dizer que a arte é, sim, um fator de transformação sociocultural (e por que não dizer econômica?) de um povo e ou de um lugar.

FB_IMG_1524437858981

* Um tema brilhante para a busca de um inédito tricampeonato na “Era de Aquário”. Lembrando que o último ocorreu na década de 90 (94/95/96).

* Contudo o que mais chamou a atenção e dominou os comentários e debates bovinos nas ultimas 24h foi o anúncio de Emerson Maia no Boi Caprichoso.

* Emerson Maia subiu ao palco do Zeca Xibelão vestido de azul e branco declarando amor eterno e derradeiro ao Boi de Estrela na testa. Claro que a cena foi impactante e assustadora.

20180725_225943

* Mas, o que levou um dos maiores poetas da Baixa do São José para a Francesa? De acordo com o que a coluna apurou a razão seria descontentamento.

* Emerson Maia supostamente teria pedido a Coordenação da Batucada para a rubra diretoria e teria recebido um não como resposta: desagradando e revoltando o compositor.

* Além da coordenação da Batucada, teria sido firmados outros acordos entre o compositor e a rubra diretoria. Acordos que não teriam sido cumprindos no valor de R$ 70 mil. Sem falar na toada de 2018 não ter sido tocada na arena.

20180311_205644

* Todos esses fatores juntos teriam sido o motivo para ele pedir [ênfase!] para ficar no Caprichoso. O presis blue foi categórico no anúncio ao revelar que tinha sido o compositor quem se ofereceu para trocar de boi.

* Em nota oficial a rubra diretoria afirmou ter sido pega de surpresa com a decisão do renomado compositor, que pagou todos os seus direitos autorais da obra de 2018, que espera que o retorno seja breve e que o compositor seja feliz.

* A troca de compositores pode ter um protagonista blue: Adriano Aguiar. Este, ao que tudo indica e os rumores dizem, está insatisfeito com o tratamento dentro do Caprichoso e estaria com um pé na Baixa do São José.

20180707_090123

* A postagem de sua esposa, Vanessa Aguiar, no mais puro estilo desabafo nas redes sociais foi a deixa para a diretoria e o Conselho de Artes. O fator Emerson Maia teria contribuído para tal, também.

* Os rumores fazem sentido uma vez que Brilho de Fogo, o que faz ninho na Armando Prado com Clarindo Chaves, cantou que Gil Gonçalves estaria para assumir à Coordenação da Comissão de Artes da Baixa do São José.

* A nomeação de Edwan Oliveira como Chefe do Cerimônial da Prefeitura de Parintins teria passado pelas mãos de Gil que é Secretário de Comunicação do município com a finalidade de “limpar o caminho”. Ora, pois!

* Adriano Aguiar sempre despertou grande apreço em Gil Gonçalves, são compadres e, no Caprichoso, Gil sempre defendeu as obras de Adriano no Conselho. A aquisição do compositor para à Baixa estariam em seus planos de trabalho.

* A Comissão de Artes do Boi Garantido poderá (ênfase no tempo verbal e síntese) a vim a ser formada da seguinte maneira: Gil Gonçalves, Edwan Oliveira, Fréd Góes, Chico Cardoso (sem aparecer, publicamente), Júnior de Souza**. Dentre outros!

* Vele ressaltar que se confirmada a ida de Gil Gonçalves ao Garantido, a mesma não será ida e, sim, retorno. Uma vez que Gil brincou na Baixa do São José de tuxaua antes de ir para a Francesa para ser apresentador e conselheiro de arte.

* Aliás, no cargo de Apresentador Gil Gonçalves fez o maior feito ao Garantido, quando lhe entregou o título de 97 custando o tetracampeonato do Boi Caprichoso.

* A Baixa do São José lhe deve horas e méritos por tamanho “serviços prestados”. Antes o cretino colunista defendia um busto na entrada da Cidade Garantido, hoje acha que a Comissão de Artes lhe cabe e o cabe.

** A coluna e seu colunista desejam a este grande artista (Júnior de Souza) melhoras e que o mesmo estará em suas preces e orações. E estende o desejo e apoio aos seus familiares.

É só…

Por hoje!

Até a próxima…

1524143977000912b5957b615df7f64e55df492cc5a04d5da554684dc4573f701c08c9ecd11805a9bace0277aa41bc70d4d742f2b5830ba93ed80a677f9d70e3a56b5044b6881