Habemus concurso?Qeen Blue?

Por Nárnia! 

O mundo bovino, porém cão, mais cão do que bovino, dividido entre azul e vermelho, está ávido por um nome (para o posto vacante de “Queen Blue”)  tanto quanto está distorcendo a realidade dos fatos e o presente momento. Se, quem tem problema de leitura não faz leitura de problema, imagine só quem tem problema, figuradamente falando, de visão!

1524423478000ae6acfbb09e7ae3aaa53056ecf3468f91ebf64efe1725288b8513c91e27cc8c3225f00cc269e15e8ea0d00452dd259fdb3c7b613442a88a917f496f76fcccd91

Queen Blue

A vaga de Rainha do Folclore do Boi Caprichoso, disponível com a saída de Brena Dianná, está mexendo com a cabeça de muita gente dentro e fora de Parintins. Ao ponto, de “incidir” diretamente sobre o eixo planetário da Terra.

Queen Blue 2

Isso porque criou-se a quimera de um “concurso” que simplesmente não existe. Ora, pois!

1524423478000fbe4e1a59b3dfe31545b05926ef29e7f36b1f717384d3b787a706d7c90de271db7fb2c5e2ddacf539e86bc5b63b8cb29aad87d1465aab2ef83b2a3cd65e4df34

Queen Blue 3

O senso comum e coletivo confundiu alhos com bugalhos ao propagar uma disputa, meramente, imaginária. Com direito a artilharia, ataques e estratégias de queimar às “rivais”.

Queen Blue 4

O que houve de fato foi a abertura, por parte da diretoria/presidência, para o envio de vídeos de meninas interessadas em serem a nova Rainha do Folclore da Francesa e do Palmares. Só isso!

1524423478000de45092816e5925895746d920de147cd9965c3a7c81bb8acb4dc395d7a6e24aa84d69d158815f73453c30faf8b58777fc3a1663c5c4cba3b2f69317decf84b93

Curumim alesado?

Oi meu velho. Quanto tempo!

Sem gracinhas, por favor.

Já chega amargo: credo.

Como está esse lance da nova rainha do teu boi?

Está que nem o senhor, meu velho!

Como assim?

Por um dedo indicador!

Off line.

15244234780007eeee527a5aeaca610958b98f97be2543c7ced658e728886d9f09b6257de52fbebd6f26e376508ef0ba998aa58df14f67ba9db6525e524123c241f687592234b

O problema nunca foi, é ou será as escolhas e, sim, as concessões acerca da mesma. Quando se faz concessão, abre-se mão de algo em priori. Portando, não é prioridade. Não sendo prioridade, não possui relevância. E nada mais óbvio: o quem não possui relevância, irrelevante é! O cretino colunista precisar desenhar (e esse nem é o seu forte!)?

152442347800086d1722c82cef232486a245ba9c640ce79cf03eca6bb37a0d5069e24855f9c87d7bd9f7088af47c457def9d85a0b65da8803ac419a026850c0b4cf24be399381

* Os torcedores do mundo bovino, porém cão, criaram um concurso [fictício] de “Queen Blue” só para eles. Uma vez que o Boi Caprichoso não oficializou tal evento.

* O cretino colunista chama, reiteradamente, a atenção para o óbvio: não há nenhum concurso vigente e ou em execução. Enviar um vídeo para o presis blue não configura inscrição de nada, tampouco concurso algum.

* Para que se tivesse um concurso, em tese, o Boi Caprichoso teria que abrir, no mínimo, um período de inscrição com critérios predefinidos. O que não aconteceu!

20180721_181514

* Outro detalhe para o qual o cretino colunista chama a atenção é a semiótica. Quando se usa a imagem da chaminé com a fumaça preta (alusiva à escolha do conclave) é muito mais do que dizer, ao término do prazo para o envio dos vídeos das candidatas, que não se tem uma eleita/escolhida.

* Embora, destes vídeos saia o nome escolhido: ou por maioria de votos ou por consenso [artístico] mínimo. O nome está lá entre os “homi” da Francesa e do Palmares.

* Podemos afirmar, em máxima tese, que o que há na Francesa é um “Conclave” e não um “Concurso”. Não só Freud explica como o  cretino colunista, também, o faz.

FB_IMG_1524437858981

* Há trinta nomes sobre o teto da Capela Sistina (Diretoria e Conselho de Artes). Um “Camerlengo”, o presis blue, publicou as “regras” da escolha. Há um “Mestre da Liturgia Pontífice”,  o presis Erick Nakanome, e um “Colegiado de Cardeais” [azuis!] com a missão eleger as “preferiti” e, consequentemente, chegar à grande conclusiva.

* E, por se tratar de um “Conclave” os fiéis (torcida) ficam aglutinados na Praça de São Pedro (internet) e os “cardeais” do lado de dentro da Capela Sistina: aos pés da Santa Sé. Soberana, mesmo, só a velha chaminé (cautela).

* Neste sentido o “Mestre da Liturgia Pontífice, o presis do C.A, apontou a direção do “Conclave Blue: “…. Vamos seguir todos os critérios para a escolha, principalmente os do regulamento do festival. Closed caption?

FB_IMG_1533254092933

* O cretino colunista é didático: vamos a eles. Definição: Item que representa a diversidade de valores expressados pela manifestação popular. Méritos: Beleza, simpatia, desenvoltura e incorporação as suas representações. Elementos Comparativos: Beleza, graça, simpatia, movimentos e indumentária.

* Esta semana as redes sociais elegeram a sua “prefiriti”: Thayra Souza. A parintinense ganhou a simpatia e a torcida de uma enorme parcela dos torcedores de uma forma meteórica.

* Esta semana, também, chegou a Parintins a Guardiã Tribal sensação do Festribal 2018: Pérola Nayandra. De férias? A toa? Ou mera coincidência?

20180725_225943

* Ainda no assunto “Queen Blue”, Adriana Azevedo surge para mais uma tentativa de ser item do Boi Caprichoso. Seu vídeo está bem bom. De olho nela!

* Bico Doce, o senhor absoluto do mundo bovino, cantou ao cretino colunista o seguinte canto: estaria fechada a chapa da situação no Boi Caprichoso para a eleição de 2019.

* Trataria-se de Jender – Presidente e Babá – Vice. Calma, caro leitor. O cretino colunista não errou, tampouco você leu errado.

FB_IMG_1532352919693

* Aposto que a pergunta na sua cabeça é: “É possivel, cretino?”. Respondo: “Impossível não é!”. Isso porque há uma brecha de interpretação do estatuto que permite essa composição.

* O Artigo 60 do estatuto social do Boi Caprichoso é taxativo: “É proibida a reeleição nos cargos de presidente, vice-presidente e do Conselho Fiscal”. Ou seja, não proíbe a inversão dos cargos para uma disputa futura.

* Em suma: o que o estatuto não proíbe ou específica, permitido e possível é sob o olhar jurídico. Uma vez confirmada a chapa, será uma jogada inédita, ousada e criativa no mundo bovino.

20180707_090123

* Agora é oficial. O ex-presis blue do Boi Caprichoso, Dodó Carvalho, é o nome da vez quando o assunto é blindagem do Festival Folclórico de Parintins. Filho da terra e altamente enganjado na maior festa folclorica do Brasil, o ex-presis é candidato a Deputado Federal.

* Entre suas bandeiras estão a qualidade da navegação nos rios do Amazonas, a melhoria da infraestrutura portuária, segurança, sinalização e dragagens dos rios vitais para a economia do Estado.

* Para os aficionados pela festa parintinense, o ex-presis é visto como um grande entusiasta do festival e vem daí o apelo na construção da candidatura de um defensor do festival, que é o maior produto turístico do Amazonas, depois da própria floresta, Dodó conta com o apoio e simpatia dos fãs de Garantido e Caprichoso.

* Além do fator político, ter um nome de peso em Brasília, é altamente positivo, uma vez que uma parcela importante dos recursos vem do Ministério da Cultura. Assegurar essa verba ou mesmo ampliá-la, está no raio de influência de um bom parlamentar. Por todos esses fatores, Dodó carvalho é promessa de uma expressiva votação nas urnas. Vamos aguardar!

É só…

Por hoje!

Até a próxima…

1524143977000912b5957b615df7f64e55df492cc5a04d5da554684dc4573f701c08c9ecd11805a9bace0277aa41bc70d4d742f2b5830ba93ed80a677f9d70e3a56b5044b6881