Chuvas preocupam bois na reta final dos trabalhos nos galpões de alegorias

O clima em Parintins tem preocupado os diretores e artistas dos bois Caprichoso e Garantido. Calma, não é por conta dos atritos e da tempoeratura nos ânimos da disputa. E sim, por causa das fortes chuvas que caem na ilha, nas duas últimas semanas.

Com as áreas externas dos galpões de alegorias tomadas pelas estruturas alegóricas, devido ao gigantismo de ambos os projetos do “Boi de Arena”, o volume de chuvas torrenciais têm atrapalhado e atrasado os trabalhos de conclusão e acabamento das alegorias.

As chances das chuvas continuarem durante a última semana do festival são grandes e as palavras de ordem na Francesa e na Baixa do São José são: garra, trabalho em equipe, superação e “São Pedro, amigo!”.

Pelo sim e pelo não é melhor apelar para a crencide popular e desenhar um sol no chão: o que vale é a intenção é a fé!

Imagem: Arnoldo Santos