Nota de esclarecimento evento ‘Boi de Rua’

O Governo do Amazonas, por meio da Empresa Estadual de Turismo (Amazonastur), esclarece que, em relação ao evento denominado “Boi de Rua”, realizado no último fim de semana em Parintins, não houve, em nenhum momento, imposição por parte do órgão estadual para que Caprichoso e Garantido adotassem o nome do evento em suas tradicionais manifestações de rua.

O “Boi de Rua” é um projeto apoiado pelo Governo do Estado para fomentar uma tradição dos bumbás Caprichoso e Garantido, que construíram suas histórias a partir da disputa nas ruas da cidade, dando origem ao festival hoje conhecido mundialmente.

A decisão de investir no projeto “Boi de Rua” atende uma demanda das agremiações, Movimento Amigos do Garantido (MAG) e Movimento Marujada, que procuraram a Amazonastur em busca de apoio à realização de eventos que pudessem promover os bumbás o ano inteiro e manter viva a tradição de ter o boi na rua, mais próximo da população.

O projeto foi concebido com a participação de todos, não sendo nenhuma decisão tomada ou imposta pela Amazonastur. Para a realização do referido evento, as ações foram estabelecidas em consenso com as partes, que expuseram o projeto e executaram a primeira fase com sucesso no último fim de semana em Parintins.

É lamentável qualquer tentativa de distorcer o propósito real do projeto “Boi de Rua”, sobretudo com manifestações que venham comprometer as ações que vêm sendo desenvolvidas para retomar o festival ao patamar internacional. A união dos bumbás em eventos como esse, e outros fora da arena, vem mostrando o quanto juntos eles podem ir mais longe e, consequentemente, o Festival Folclórico e o município de Parintins, que, neste ano, como resultado dessa promoção conjunta, espera receber cerca de 100 mil visitantes. A disputa real e saudável deve ocorrer na arena do Bumbódromo, onde Caprichoso e Garantido realizam um dos maiores espetáculos folclóricos do mundo.