Na temporada 2018 o naipe é de copa!

Por Nárnia!

A temporada 2018 começou de forma agitada. O mundo bovino, porém cão mais cão do que bovino ganha um novo espaço e aposta alto: ou a banca quebra ou quebra a banca.

 

20180106_220819

CD BLUE

A espera acabou e, enfim, o CD 2018 “Sabedoria Popular – Uma Revolução Ancestral” do Boi Caprichoso foi finalizado e entregue à diretoria da Francesa no último fim de semana.

CD BLUE II

Os produtores azulados excederem às expectativas e obtiveram grande êxito na missão de fazer um produto fonográfico de relevância para a discografia do Touro Negro.

20180106_220245

COPA

No sábado (24), os Movimentos Marujada e Amigos do Garantido realizaram o primeiro ensaio da temporada na nova casa/aposta dos Bumbás em Manaus: o Copacabana.

COPA II

Em Parintins, o Boi Garantido lançou o CD 2018 “Auto da Resistência Cultural” com uma grande festa na Cidade Garantido marcada pela emoção e qualidade. No próximo sábado (31), será em Manaus no Copacabana.

 

20180106_220150

Ó grande espírito vem falar comigo!

Diga curumim alesado.

Meu velho quando irão libertar a moça que ficou em terceiro lugar (questionável!) daquele fatídico concurso?

Quando a maioria dos seus fãs deixarem de serem âncoras.

Off Line.

20180106_220951

A cabeça do torcedor, ainda mais do “Tipo Net”, é muito louca. O item pode possuir toda a relevância e grandes feitos, mas por um único resultado negativo todos os outros  (positivos e vitórias) são ignorados e desprezados. Os comentários na transmissão red de lançamento direcionados à André Nascimento foram dignos de asco e de vergonha do ser humano no alto de sua mesquinhez e pequenez. Kaô, Xangô!

20180106_220059

* André Nascimento não participou da festa de lançamento ontem na Cidade Garantido por está em Manaus passando por  tratamento de saúde  e foi substituído pelo dançarino Paketá.

* Aliás, substituição à altura. Uma apresentação elegante, segura e satisfatória. Sobretudo, esperançosa de que no item pajé o futuro está garantido e atende pelo nome de Adriano Paketá.

IMG-20180323-WA0077

* No geral, o lançamento do CD Red foi um sucesso. Uma festa muito bonita de se vê e de se ouvir que contou com a participação especial de Ivo Meireles. Para a festa em Manaus além do compositor está sendo digitada a participação do cantor Xandy de Pilares.

* Edilene Tavares: foi muito prejudicada pelo seu estandarte. Sua evolução foi bastante inconsistente por conta disso, muitos torcedores a acusaram de não saber segurar/dominar o estandarte.

IMG-20180325-WA0071

* O olhar periférico destes torcedores não percebeu que o estandarte usado por ela era de tecido flácido e flexível. O estandarte dobrava em sua haste nos movimentos laterais.

* A maioria absoluta dos estandartes são confeccionados por material/tecido mais rígido com estrutura de fundo, além de aviamentos e penas, para dá sustentabilidade, domínio e “tato”, alguns são de material de plotter.

20180311_205022

* Nessas condições, não há guardiã que dê jeito: é uma briga constante e desleal. Isto é, não se pode dominar um estandarte “à deriva”.

* Brenda Beltrão: mostrou que, de fato, é uma rainha. Elegante, leve, majestosa e, sobretudo, imprimiu coragem e personalidade própria.

IMG-20180304-WA0003

* Djidja Cardoso: um espetáculo! Ponto. Provou que está preparada para o tri no seu item.

* Isabelle Nogueira: um tiro de canhão! Outro ponto. Uma apresentação irrepreensível e arrebatadora.

FB_IMG_1519916113326

* Batucada: segura e precisa nos toques 2018. Parecia o próprio CD de estúdio tamanha maestria musical.

* Os nomes da noite na Baixa do São José foram: Adriano Paketá, Djidja Cardoso, Isabelle Nogueira e Edwan Oliveira, este último pelo show montado.

20180311_205949

* O fim do processo de gravação do CD blue provou, de forma inequívoca, que valeu muito a pena a espera. Os produtores Niel Armstrong, Labamba, David Assayag e Sidney Rezende fizeram um trabalho grandioso e magistral.

* Um CD com um padrão de qualidade absurdo, arranjos e backs épicos que derão às obras status de trilhas musicais.

received_2047305945297615

* Os destaque do CD de Arena, as estratégicas, foram sem sobra de dúvidas: “Terra, Mãe Ancestral”, “Traidor” e “Dowari”.

* “Sissa – Uma História de Amor” até que ficou simpática. Já dá para ouvir sem causar uma dor de ouvido.

20180301_110036

* Mas, sempre tem um porém. A toada “Majestade do Folclore” destoa de todo o repertório 2018. Não teve milagre que desse jeito.

* Não é à toa que a obra era chamada no estúdio de o “Monstro”. Em referência a Frankenstein, o mostro feito de pedaços de outros seres humanos.

IMG_20180223_093923_573

* A toada é um faraônico “encher de linguiça”. Não influe e nem contribuí em nada no repertório. Decanta muito e não diz coisa alguma com nexo. A mensagem é confusa e a letra parece ser de “boizinho”. No geral, é um dejavu musical.

* Tirando isso, é um dos melhores CDs (quiçá o melhor!) já produzidos pelo Boi Caprichoso. Parabéns a todos os envolvidos.

20180301_103304

* O “Ensaio dos Bumbás” no Copacabana gerou muitas reclamações  e desconfiança da grande maioria da galera blue e red. Porém, o que foi visto na noite de ontem foi esperança e otimismo.

* O local, de fato, possui uma estrutura maravilhosa tanto de som quanto de iluminação, bar e de atendimento ao público. Aliou-se a isso uma praça de alimentação modesta, porém com preços acessíveis e produtos de qualidade.

20180311_205932

* O formato de dois palcos foi um gol de placa. Maximizou a dinâmica dos shows, diminuiu o intervalo das atrações para menos de 03 min e  cortou os falatórios/monólogos dos apresentadores de palco.

* O público, para o primeiro evento, foi satisfatório e surpreendente. Uma festa elegre, animada e ermanada como há tempos o cretino não via.

IMG_20180223_093946_767

* O único fator negativo de maior expressão é a distância e a mobilidade urbana daquela área. Neste sábado, este fator fora vencido com criatividade pelos torcedores.

* Esse evento de ontem no Copacabana foi um teste e termômetro. Os dois seguintes serão decisivos e ainda mais desafiadores porque serão eles que determinarão se tudo não passou, apenas, de fogo de palha ou se o evento “pegou na veia”.

IMG_20180223_094441_931

* Os melhores shows/repertórios foram: pleo lado red Leonardo Castelo e pelo lado blue David Assayag.

* Parabéns ao Movimento Marujada (Carlos Nery), Amigos do Garantido (Izoney Thomé) e Amazonastur (Orsine Jr.) pela festa maravilhosa no Copacabana.

* Parabéns também a três abnegados destes movimentos em Manaus: Marilza Mascarenhas, Chris Reis e Keynes Breves. Se os movimentos tivessem mais meia-dúzia de cada estaríamos nos “Elíseos bovino”.

É só…

Por hoje!

Até a próxima…

#SouVitima!