Vice-presidente do Boi Caprichoso, Jender Lobato, é candidatao à vaga de desembargador do TJA

O advogado Jender Lobato lançou está semana sua candidatura a lista sêxtupla da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) secção do Amazonas, ao tribunal de Justiça do Estado do Amazonas (TJA). A eleição ainda não tem data definida.

A eleição do quinto constitucional

A eleição chama-se o quinto constitucional, e trata-se de um dispositivo jurídico que dispõe de um quinto das vagas dos tribunais de Justiça que sejam ocupados por advogados ou membros do Ministério Público. O pleito é bastante concorrido e podem se candidatar advogados com mais de 35 anos e que tem no mínimo 10 anos de Ordem. “Os seis candidatos mais votados pela ordem e pelos advogados vão para o Tribunal de Justiça. O TJ receberá os seis nomes indicados pelos advogados e escolherá 3, e desses 3 nomes irão enviar para o Governador que então escolherá o desembargador”, explica Lobato.

Com mais de 13 anos de atuação e de Ordem dos Advogados do Brasil, Jender Lobato é um dos muitos parintinenses que saiu de sua cidade para estudar em Manaus. Em meio as dificuldades, longe da família e de casa não se abalou e manteve-se firme ao seu propósito. Sua atuação já o levou a Brasília, onde trabalhou há alguns anos.

O advogado se mostra preparado para o desafio. “Eu me sinto preparado para representar os advogados. Para que os advogados possam ter um desembargador no Tribunal de Justiça que os receba, que os atenda, que os dê atenção, porque a classe dos advogados nos últimos anos conseguiu ter uma união que nunca teve, e eu fico muito feliz com as vitórias que a OAB vem tendo, principalmente a OAB Amazonas”, disse.

Lobato continua: “Se a gente pensar em 16 anos atrás quando eu comecei a estagiar no direito e você pensar no dia de hoje, 2018, o advogado é respeitado, hoje tem as suas prerrogativas respeitadas, nós temos uma OAB que realmente defende o advogado”, destaca.

Juventude

O Amazonas tem uma safra de advogados jovens que receberão atenção do candidato. “Os jovens podem estar representados no Tribunal de Justiça do Amazonas”, disse Jender.

O Advogado tem conversado com inúmeros operadores do direito, ouvido e fortalecido sua candidatura. Dentre as pessoas que tem buscado orientação está o próprio presidente da OAB/Amazonas, Marco Aurélio Choy. “Eu já tive uma conversa com o presidente da OAB o Dr Marco Aurélio Choy, tive uma conversa com a corregedora da OAB a Dra. Daniele Aufiero e a gente tem conversado com muitos colegas pedindo apoio, a gente vem trabalhando e pedindo apoio, te confesso que foi uma grata surpresa toda a solidariedade, todo o incentivo durante esses poucos dias que me lancei candidato e os advogados vem me procurando diariamente”, afirma.

Candidato a uma das vagas de desembargador do TJ informou que fará uma campanha descente, de pé no chão e falando a verdade, com bom debate e com perspectivas de um futuro melhor para o Amazonas, para OAB e para os que procuram a justiçam e aqueles que não tem acesso a ela. “Minha intenção na justiça como desembargador eleito, se Deus quiser, é exatamente dar acesso da justiça ás pessoas, nós temos que facilitar,  nós temos que usar as redes sociais, nós temos que  usar a internet, nós temos que usar os inúmeros meios de comunicação que nasceram com a internet em benefício da justiça, em benefício da população, em benefício daquelas pessoas que não tem tempo de ir ao tribunal, as pessoas que não tem tempo de protocolar um documento, aquelas pessoas que não conseguem acessar o seu processo, então a gente quer na verdade  fazer o Tribunal de Justiça ser literalmente um tribunal popular”, concluiu.

Matéria/Fonte: Portal Parintins 24h

Foto: Katiuscia Ferreira