Curta-metragem rondoniense será exibido em sessão especial em Parintins

Balanceia é um filme que mostra o Festival Folclórico de Parintins através do olhar de um turista

Uma sessão de cinema em Parintins promete emocionar a plateia, no próximo sábado, dia 27 de janeiro. O filme exibido será “Balanceia”, de Juraci Júnior e Thiago Oliveira, que mostra a viagem de um turista à ilha tupinambarana, em pleno festival folclórico. As memórias sobre a festa pedem espaço na mente do personagem, durante a viagem de volta no barco sobre as águas barrentas do Rio Amazonas. Além do peito pulsar com as lembranças da marujada dos bois Garantido e Caprichoso, o protagonista se impressiona com ribeirinhos que desafiam as águas e comovem os viajantes.

O filme nasceu logo após Juraci conhecer o Festival Folclórico em 2017 e, segundo ele, que além de atuar no curta, assina o roteiro e divide a direção da obra com Thiago Oliveira, o compromisso da equipe com o Balanceia é de exaltar à Amazônia.

“Balanceia é uma homenagem aos povos da Amazônia que vivem de um modo muito peculiar e muitas vezes nem são lembrados. É uma obra de ficção, mas com imagens reais do Festival Folclórico de Parintins e o registro de um dos hábitos tradicionais de ribeirinhos que vivem em comunidades distantes”, conta Juraci.

IMG-20180123-WA0003

A exibição na ilha tubinambarana acontecerá graças uma parceria entre o Governo do Estado do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura, dos Bois Garantido e Caprichoso. O filme conta ainda com o apoio do portal de notícias Parintins 24 Horas e dos integrantes do grupo Caprichoso pelo Brasil.

“Depois que Balanceia nasceu eu me comprometi comigo mesmo que faria de tudo para exibir o filme em Parintins. Procurei parcerias certas e a ideia de uma sessão de cinema com os integrantes dos bois, comunidade e a quem se interessar pela obra, está dando certo. A Secretaria de Estado de Cultura do Amazonas me recebeu muito bem, indicando as pessoas chave tanto em Manaus, quanto em Parintins para que essa exibição pudesse acontecer. Os dois bois abraçaram a ideia e estão me dando todo o apoio que precisamos. Estou muito feliz e empolgado”, comenta Juraci.

Babá Tupinambá, presidente do Boi Caprichoso, reconhece a importância da divulgação da Amazônia. “Somos pioneiros em erguer a bandeira da Amazônia por meio do Festival de Parintins. As toadas, lendas, costumes e a tradição do nosso povo são primordiais na exaltação da nossa região, e o Boi Caprichoso sente-se muito honrado em servir de inspiração para o curta”, diz o dirigente azul, que completa: “entendemos como de grande importância o Filme Balanceia porque tiramos a Amazônia do palco e apresentamos a Amazônia real. E aqui aproveitamos para parabenizar os idealizadores desse projeto”, finaliza.

Trajetória do filme
O filme estreou em outubro do ano passado, recebeu uma Menção Honrosa no 15º Festival Latino-Americano de Cinema Ambiental CINEAMAZÔNIA, foi exibido durante o 4º Festival de Filmes de Faina, em Goiás, participou da V Semana Acadêmica do curso de Biblioteconomia da UNIR com o tema: Memória e Resgate Cultural e faz parte da seleção oficial do Festival de Cinema de Palmácia, no Ceará e do ECOCINE – Festival Internacional de Cinema Ambiental, que acontece em São Sebastião, litoral paulista.

A exibição será gratuita para toda a comunidade e a classificação indicativa do filme é livre para todos os públicos. Após a exibição, haverá um bate papo entre os interessados.

Serviço:
Exibição do Filme Balanceia
Quando? Sábado, 27 de janeiro às 17h
Local: Cinema Odinéia Andrade – Centro Cultural de Parintins / Liceu de Artes e Ofício Claudio Santoro, Unidade Parintins
Entrada grátis.