Quem reinará na Baixa? Se for esse o item…

Por Nárnia!

Não há tantos mistérios no mundo bovino, porém cão mais cão do que bovino dividido entre azul e vermelho quanto supõe nossa vã “pavulice”. Na Francesa, o rei do carnaval vem como não vinha e na Baixa, a rainha pode não ser rainha. Ficou confuso? O cretino colunista que um dia já foi de segunda, sem jamais ter sido de quinta, explica.

 

26151715599599

VEM!

A polêmica novela bovina estrelada por Paulo Barros ao que tudo indica teve um final, aparentemente, feliz. Os líderes da Francesa tiveram almoço/encontro com o carnavalesco no qual ficou acertado os ponteiros.

NÃO VEM!

Ao contrário do anunciado no último dia 04, Paulo Barros não virá  (este ano!) para integrar o Conselho de Artes. Primeiramente, se predispôs a participar do DVD 2018 e de estar na arena do Bumbódromo durante as três noites.

IMG_20171110_092236_016

INTERCÂMBIO

No almoço, em um conhecido endereço portuário do Rio, a síntese da conversa foi:  intercâmbio cultural e consultoria técnica. Paulo Barros ajudará, dentro do planejado, nos efeitos visuais e especiais na arena para surpreender os torcedores e telespectadores.

 

papo-reto_560043a706ec8

RAINHA

Todas as atenções voltam-se para a Baixa do São José, a véspera de escolher sua mais nova Rainha do Folclore. Nas redes sociais eclodem candidatas na velocidade da luz e de notório desconhecimento de grande parte dos rubros torcedores.

RAINHA II

Nem mesmo o item de Porta-Estandarte do Boi Caprichoso este ano fora tão “disputado”. Está em jogo não só a coroa da Cidade Garantido, os corações e a devoção [ou não] dos “perrechés”, como também a segunda prova de fogo da gestão Fábio Cardoso e Messias Albuquerque.

FB_IMG_1510101134896

DÚVIDA

Até aqui, não há uma definição do método de escolha, ou seja, se através de concurso ou se por via direta. Dúvida, porém não existe quanto aos nomes participantes em um ou outro método utilizado.

 

images

– Curumim alesado!

– Diga meu velho.

– Pano rápido?

– Sempre!

– O “que trouxe” ao falar de dívida e pagamento de artistas tem moral do quê?

– De um cara de pau!

– Off Line.

fbb4888b-c8ba-4248-bc12-ffa3d51c13fd

O cretino colunista se calou tamanha incoerência na rebuceteante novela “Paulo Barros no Caprichoso”. Apesar, de não gostar muito do carnavalesco (por “enes” razões) e da ideia, não concorda com o levante massificado da perda da identidade e tradição. O protagonismo parintinense, em todas as áreas, se perdeu nos últimos dez anos e, desta forma, não condiz com o dito [contexto, e não pessoa!]. Essa troca de conhecimento entre Rio e Parintins não é da semana passada, aconteceu há muitos anos atrás com Joaozinho Trinta, Ito Teixeria, Juarez Lima, Jair Mendes, Hans Donner, Valéria Valença, Cahe Rodrigues. O efervescer do “carnavalizar” do festival é piada pronta! O Festival já teve homem voador, paraquedista, alegoria humana, rainha do axé e não se desintegrou: quer mais carnaval que isso? O cretino colunista, necessariamente, não o traria, mas também não o dispensaria. Já que vem, seja bem-vindo Paulo Barros. Ganha o carnaval, ganha o festival… Só quem perde é quem possuí memória seletiva.

Banner_rapidinha(2)

* Segundo, Brilho de Fogo, aquele que faz ninho/morada na Armando Prado, a escolha da new rubra queen gira em torno de dois cenários claros e definidos na Cidade Garantido.

* Cenário 01: O remanejamento da atual Porta-Estandarte, Edilene Tavares, para o item em aberto. É do conhecimento do reino mineral que a morena era a substituta de Isabelle Nogeira antes de herdar o estandarte perreché.

IMG-20171108-WA0008

* Edilene passará por uma avaliação interna de seu desempenho como Rainha do Folclore. Se agradar aos selecionadores (Diretoria e Comissão de Arte) o item a ser preenchido será o de Porta-Estandarte.

* Cenário 02: convencidos de que seja melhor Edilene continuar como Porta-estandarte, os selecionadores avaliarão as opções disponíveis e elencadas internamente. Opções estas, que na última semana ampliou de cinco para sete.

20171107_203711

* Neste sentido, os nomes em disputa são: Cleandra Tavares, Danny Monteverde, Lanaia Cunha, Luma Costa, Moana Barbosa, Mayra Dias e Vanessa Costa.

* Porém, a recepção do Boi Garantido ao novo secretário de estado da Cultural Denilson Novo na Cidade Garantido inseriu mais um nome na disputa devido ao seu excelente desempenho: Brenda Beltrão.

* A apresentação do item substituto surpreendeu e despertou a atenção tanto da diretoria quanto dos comissionários de arte presentes ao evento receptivo ao mandatário da SEC.

20171107_203514

 * Nessa corrida à majestade perreché, as candidatas a queen red estão acumulando simpatizantes e fã clubes. Para algumas uma situação altamente positiva, porém para outras é galaticamente prejudicial.

* Há uma grande diferença entre seguidores/divulgadores e coveiros de itens que não são ainda e, dificilmente, serão um dia. Segurem seus pitbus!

* Na Francesa, a seleção de toadas prossegue internamente. Bico Doce, o senhor absoluto do aviário, cantou ao cretino colunista que três toadas foram inseridas as seis selecionadas (a toada apresentada no lançamento do tema + as cinco selecionadas dia 04).

20171107_203456

* As escolhidas saíram das demos não selecionadas e reavaliadas pela Diretoria, Conselhos de Arte e Musical e produtores. As obras estão mantidas sob sigilo.

* Caprichoso e Garantido reafirmaram a parceria com o patrocinador master do Festival Folclórico de Parintins: a Coca-Cola. Os presis bovinos em viagem ao Rio de Janeiro apresentaram o projeto de divulgação do evento para 2018.

* O projeto consiste na divulgação do Festival de forma itinerante pelo país afora numa parceria da Coca-Cola, Maná Produções, Prefeitura de Parintins, Bumbás e a empresa Inovar do artista Rossy Amoêdo.

IMG-20171110-WA0058

* Depois de reunir seus poetas na ilha, o Boi Garantido reúne os residentes em Manaus. No encontro, os membros da Comissão de Artes deram maiores informações e linhas gerais sobre o rubro tema e o que pensam e desejam para a trilha sonora de 2018.

* A revelação do curral do Boi Garantido nesta temporada, o apresentador Gabriel Ferreira está com a agenda agitada de eventos na noite manauara. O jovem esbanja carisma e talento!

* Falando em apresentador, Ornello Reis estaria de “namorico” com a Baixa do São José. Isso porque o jovem artista fora sondado e conversas com um red interlocutor estariam sendo constantes.

* Na Gomes de Castro, novos nomes surgem para integrar a seleção do presis blue. Todos artistas de indumentárias: Marcelo Dias, Kalleb Aguiar e Murilo Maia. Este último, já teria trocado a Baixa pela Francesa.

É só…

Por hoje!

Até a próxima…

#SouVitima!