Bombas explodem n[o] mundo mundo bovino

Por Narnia!

O mundo bovino, porém cão mais cão do que bovino dividido entre azul e vermelho com ares de Estado Islâmico Bumbalesco foi alvo de bombas da Francesa e da Baixa. Os presis blue e rubro disparam em múltiplos alvos e acertam cada um ao seu modo: Oseas Bentes e Paulo Barros fizeram barulho.

 

26151715599599

TEMA

O Boi Garantido realizou na noite de sexta-feira (03), aos pés de Nossa Senhora do Carmo, o lançamento do tema 2018 de uma forma inédita na Baixa do São José.

TEMA II

Com concentração na Praça do Cristo e com destino a Praça da Catedral, o Boi do Coração saiu em passeata com todos os seus segmentos e lideres tribais.

TEMA III

“Auto da Resistência Cultural” é a aposta da rubra Comissão de Artes coordenada por Edwan Oliveira na busca pelo título. Uma linha acadêmica, política e folclórica.

 

papo-reto_560043a706ec8

CUNHÃ

Os rumores das últimas semanas tonaram-se realidade quando Isabelle Nogueira fora anunciada como a nova Cunhã-poranga do Boi Garantido. Sua “estreia” no item foi apoteótico.

RAINHA?

Todas as atenções na Baixa se voltarão para a escolha da substituta de Isabelle, a forma dessa escolha ainda é um incerta: se através de concurso ou de forma direta (fechada).

TOADAS

O Boi Caprichoso na noite de sábado  (04), no curral Zeca Xibelão, realizou a seleção final das toadas de galera (livres, temáticas e genéricas). O julgamento coube a cem torcedores galera e a um corpo de jurados.

TOADAS II

Das dezessete toadas classificadas, apenas cinco obtiveram avaliação satisfatória e foram selecionadas para o CD Oficial: Show da Terra (Guto Kawakami/Geovane Bastos); É Dia de Boi (Gabriel Moraes/Juarez Filho/Saullo Vianna); Amado Touro Negro (Roberto Jr./Adriano Aguiar); Imbatível Galera  (Judson Souza, Luciano Canavarro, Luiz Carlos, Gilsinho da Portela e Marcley Pantoja) Boi de Negro (Moisés Colares/Ricardo colares).

 

images

– Curumim alesado?

– Oi meu velho.

– Te protegestes das bombas em qual abrigo antiaéreo?

– No meio entre o antes da placa e o depois da placa!

– (Risos). Lembra da “Coração”?

– Yes! Antes ou depois da placa?

– No meio… No meio!

– (Risos) Off Line.

 

fbb4888b-c8ba-4248-bc12-ffa3d51c13fd

Num castelo de cartas, o mais importante para o seu equilíbrio é a sutileza ao encaixar as cartas. Movimentos sutis resultam no próprio castelo, movimentos abruptos resultam em cartas espalhadas no chão.

Banner_rapidinha(2)

* No geral,  a festa de lançamento do rubro tema no geral foi um resultado de acertos. Acerto no formato, no contexto, no ato inicial e final, além das surpresas apresentadas.

* Em si, o rubro tema é muito bom. Possui um profundo apelo político e folclórico na essência do povo brasileiro: resistir para sobreviver.

* No quesito tema, ambos os bois estão bem servidos e devido ao equilíbrio esperava-se grandes espetáculos.

* Essa movimentação dos temas é o reinventar do calendário bovino. O Caprichoso instigou e o Garantido respondeu: ganhou Parintins!

* A ausência do Amo do Boi Tony Medeiros aumentou ainda mais os rumores de sua possível saída. Nesse sentido, os rumores é de que o item estaria sendo assegurado pelo perfeito Bi Garcia.

* Porém, Brilho de Fogo (aquele que faz ninho e pousada na Armando Prado) cantou ao cretino colunista que caciques e líderes de toda a sorte da Baixa questionam a sua permanência no cargo nessas condições.

* Há na Cidade Garantido quem defenda a saída espontânea do vice-prefeito demonstrando bom senso, profissionalismo e desapego ao cargo.

* Das bombas encarnadas a que mais estrondou e repercutiu foi a contratação de Oseas Bentes. O artista na quinta-estava na seleção blue de Babá Tupinambá e na sexta entrou no rubro time de Fábio Cardoso.

* De acordo com o rubro presis aa ações em busca da vitória no ano que vem não ficarão apenas no retorno de Teco Mendes e Oseas Bentes. “Vamos deixar ele [presis blue] ainda mais maluco”, ironizou Fábio Cardoso.

* Outro ponto forte do evento foi a apresentação de Isabelle Nogueira lindamente vestida com indumentária assinada pelos artistas Tieta (roupa de corpo) e Rogério Gonçalves (costeira) arrancando não só aplausos como também suspiros.

Imagem: Elcio Farias

* Contudo nada foi mais emblemático do que a união vista no palco de Fábio, Messias, Fred, Adelson e Telo. Só faltou o Antônio Andrade.

* A seleção de toadas acabou dentro do óbvio e do esperado, isto é, com um número reduzido de obras: cinco toadas classificadas.

* O número não distanciou do número com maior votação em Manaus: seis toadas. As demais onze toadas foi, por assim dizer, completar tabela.

* Agora, o Boi da Estrela encomendará outras obras para finalizar seu CD de Galera. Contudo, poderá  também aproveitar duas ou três obras preteridas com algumas mudanças.

* Dentre todas as novidades anunciadas pelo presis blue a que mais repercutiu e dominou as redes sociais foi a vinda de Paulo Barros.

* Não demorou milionésimos de segundos para a chuva de apoio e críticas ao convite feito ao carnavalesco.

* No anúncio o líder da Gomes de Castro dissera que Paulo Barros seria do Conselho de Artes. No final da tarde deste domingo, a rede rebuceteou com novas postagens da Francesa.

* O certo mesmo é que Paulo Barros foi convidado e respondeu positivamente a este convite, porém não estava nada fechado em definitivo.

* O carnavalesco autorizou a divulgação do convite para integrar o time azul como uma espécie de consultor artístico na área de efeitos para arena.

* A reportagem do maior site de carnaval, O SRzd Carnavalesco, o anunciado como Diretor do azul e branco e o conteúdo o teria pego de surpresa.

* Bico Doce, cantou ao cretino colunista que o presis blue ligou para o carnavalesco que confirmou o encontro da próxima semana no Rio de Janeiro.

* O encontro será um almoço onde será tratado os detalhes desse convite e contará com a presença do artista Rossy Amoedo e do vice-presis Jender Lobato.

* Nessa viagem ao Rio os líderes blues irão tratar de assuntos referentes ao Festival de 2018.

* Paulo Barros foi a bomba azulada de duplo efeito. Seu nome gerou muitas discussões repercutindo positivamente e negativamente com a mesma força e proporção chamando todas às atenções pra si.

* Os defensores da ideia pautam seus elogios no intercâmbio cultural e ao movimento de lá  (Rio) pra cá  (Parintins) ser válido e aceitável pelo movimento inverso ser glorificando. Ou seja, dos artista daqui (Parintins) pra lá (Rio).

* Os opositores à ideia pautam suas críticas na valorização dos artistas nativos, que de importador de talentos para o Rio é inaceitável a exportação de vinda. Outro ponto seria o valor do contrato do carnavalesco desta envergadura.

* O mundo bovino, porém cão mais cão do que bovino aguarda ansioso as cenas dos próximos capítulos e o estourar das próximas bombas.

É só…

Por hoje!

Até a próxima…

#SouVitima!