Tim tim por tim tim!

Por Nárnia!

O mundo bovino, porém cão mais cão do que bovino dividido entre azul e vermelho avesso às críticas e opiniões depara-se, pela primeira vez, com as justificativas dos jurados. Antes tarde do que nunca!

 

26151715599599

EX

O Boi Garantido anunciou neste sábado por meio de uma nota de agradecimento a saída de Rayssa Bandeira do item de Cunhã-poranga tendo como base o seminário de avaliação da Baixa do São José.

DÚVIDA

Após o anúncio, uma dúvida pairou no ar no Reino Bumbalesco de Paris: saiu definitivamente e ou será, de fato, “remanejada” de item? Semana passada, havia fortes rumores neste sentido.

TOADAS

O Boi Caprichoso realizou neste fim de semana, no Novo Hotel, em Manaus, a primeira fase do processo de seleção de suas toadas para 2018. Nesta fase, foram avaliadas as todas de galera, livre e temática.

TOADAS II

A fase seguinte do processo de seleção acontecerá em Parintins, no próximo sábado (04), no curral Zeca Xibelão, onde as selecionadas em Manaus passará pelo voto popular (sócios e torcedores presentes ao curral).

 

papo-reto_560043a706ec8

TENTATIVA

Definitivamente, o segundo maior defeito do cretino colunista, depois da curiosidade, é a teimosia. Desde julho, vinha tentando obter as justificativas (feedback) dos jurados no festival deste ano, contudo sem nenhum sucesso.

EXCLUSIVO

Na noite deste sábado (28), o cretino colunista recebera de Bico Doce, seu mais poderoso e camaleônico pássaro, os arquivos contendo avaliações do Bloco B – Cênico Coreográfico – com suas respectivas justificativas.

images

– Curumim alesado?

– Oi meu velho!

– Vamos resenhar?

– Prefiro desenhar, assim pode ser que entendam. O senhor se importa?

– Eu não. Mas, os “Paralentos”.

– Off Line.

 

fbb4888b-c8ba-4248-bc12-ffa3d51c13fd

Desde os primórdios da criação e com a teoria de Darwin que quem não evolui (adapta-se) extingue-se: é a lei da seleção natural da vida. Certo estava Cazuza ao dizer: “Eu vejo o futuro repetir o passado, eu vejo um museu de grandes novidades!“. O tempo na casta bovina de “maior” elevação espiritual e egocêntrica não só parou como está caquético e esquizofrênico.

Banner_rapidinha(2)

* Finalizada a primeira fase do processo de escolha das toadas 2018 do Boi Caprichoso o resultado é tanto satisfatório quanto preocupante.

* Satisfatório pelas campeãs de votos em suas categorias: “Imbatível Galera” – Galera – dos compositores Judson Souza, Luciano Canavarro, Luiz Carlos, Gilsinho e Marcley Pantoja; “Amado Touro Negro” – Temática – dos compositores Roberto Jr. e Adriano Aguiar; e “Show da Terra” – Livre – dos compositores Guto Kawakami e Geovane Bastos.

* Preocupante pelo conjunto da obra, ou seja, pelas toadas apresentadas ao vivo em transmissão. O baixo nível da grande maioria absoluta das toadas dificultou [e muito!] o trabalho da mesa julgadora.

* No geral, toadas fundas, batidas, cafonas, clichês e com letras ao estilo bula e ou dissertação. Todavia, falavam muito e não diziam nada enquanto contexto/mensagem.

* No sábado, a audição foi bem mais temerária do que a deste domingo quando houve uma melhora significativa das obras.

* O que se pode comprovar é aquilo que o cretino colunista vem falando há anos: tá tudo “adrianizado”. Na falta de uma identidade própria, de inovação boa parte, para não dizer grande, seguem a receita do compositor.

* Na utilização desta receita única, quem perde é o torcedor e o próprio Bumbá com safras de toadas cada vez mais uniforme e linear. Poucos são os compositores que saem da casinha, que imprimem uma identidade própria, um estilo com sua assinatura autoral e criativa.

* Em especial, aos que fazem toadas de galera. Estes, por sua vez, devem beber de outras fontes e entenderem que para fazer toada de galera que exploda e faça sucesso não, necessariamente, a letra tenha que ser parecida com a Bíblia e ou a Torá.

* Algumas curiosidades das três mais votadas deste fim de semana: duas delas (Imbatível Galera e Amado Touro Negro) foram destaques do cretino colunista logo no único do processo de inscrição das toadas.

*  “Amado Touro Negro” chegou a ser cogitada de não ser gravada; “Imbatível Galera” conta com a participação de Gilsinho, intérprete da Portela, como um de seus compositores.

images
Reprodução/Internet

* “Show da Terra” fora, erroneamente, subjulgada em 2016, os compositores a ajustaram e a adaptaram (letra) resultando na maior votação em sua categoria.

* As justificativas dos jurados (disponíveis em PDF ao final deste espaço) traz à tona algumas situações, por assim dizer, contrárias ao senso comum dos bovinos.

* Por exemplo, no item Cunhã-poranga – Rayssa Bandeira fora penalizada na noite do dia 30.06 com 0,1 décimo por causa de uma perneira (jurado Alvarito Filho); com 0,2 décimos na noite do dia 01.07 pela pausa para pôr a costeira (jurado Maurício Costa).

* Já a cunhã blue, Marcielle Albuquerque, fora penalizada na noite do dia 30.06 com perda de 0,1 décimo pelo elemento “movimento” não ter obtido o êxito total (jurada Lúcia Couto) e dia 01.07 ganhou nota máxima com a justificativa “A mais bela, totalmente consciente da personagem […] apresentação impecável” (jurado Maurício Costa).

* A furacão, Marcela Marialva, na primeira noite (30.06) obteve nota máxima enquanto sua adversária perdeu 0,1 décimo por conta do elemento “leveza” não ter obtido êxito total (jurada Lúcia Couto).

* Na segunda noite, Marialva recebeu nota máxima (apesar do contratempo) enquanto sua segunda adversária perdeu 0,2 décimos por causa da indumentária encobrir os seus olhos e por não apresentar o estandarte ao público (jurado Alvarito Filho);

* Na última noite (02.07), ambas foram penalizadas com a perda de 0,1 décimo. Marcela pelo estandarte curto que escondia os movimentos e Edilene Tavares pôr colocar o adereço (costeira) na cena prejudicando a coreografia.

* No item Rainha do Folclore, Brena Dianná na primeira noite recebeu 10,0 de Lúcia Couto enquanto que Isabelle Nogueira perdeu 0,1 devido ao elemento “movimento” não ter alcançado êxito total.

* Já para Maurício Costa, segunda noite (01.07), Brena foi 10,0 com a justificativa: “Linda evolução“. E Isabelle perdeu 0,2 décimos sob a justificativa: “Ainda muita força nos movimentos, mas boa evolução“.

* Porém, ambas foram penalizadas na última noite (Brena -0,1 décimo e Isabelle -0,2 décimos) pelo mesmo motivo: colocar o adereço (costeira) em cena.

* No item Sinhazinha da Fazenda, Djidja Cardoso e Valentina Cid pegaram notas máximas na primeira noite na avaliação de Alvarito Filho. Para Maurício Costa, na segunda noite, retirou 0,4 décimos de Valentina por movimentos rápidos tirarem o brilho da saudação ao público.

* Alvarito Filho retirou de Valetina 0,1 décimo na última noite devido ao maquinário atrapalhar o desenvolvimento da cena em que [ela] estava inserida, apesar de classificar sua entrada como magnífica. Atribuindo nota máxima a Djidja sob a alegação de surpreendente aparição.

* No item pajé, Neto Simões não fora penalizado na primeira noite ao contrário de seu adversário André Nascimento perdendo 0,1 décimo no quesito originalidade (por duas vezes) na avaliação de Alvarito Filho.

* Na avaliação de Maurício Costa, na segunda noite, ambos os pajés não atenderam todos os requisitos para obtenção de nota máxima. Neto perdeu 0,1 décimo pelo não domínio do espaço e André 0,2 décimos por não muitas vezes não conseguir entrar no conjunto coreográfico.

* Neste item (Pajé), na última noite na avaliação de Maurício Costa, André atingiu êxito em todos os elementos comparativos obtendo nota 10,0. Enquanto Neto foi prejudicado por alegorias que se confundiam.

* Ainda na última noite, no item pajé, segundo avaliação de Alvarito Filho, Neto teve uma fantasia surpreendente atingido êxito para nota máxima. Já André, teve uma entrada dificultada e problemas com sua costeira, além da falta de originalidade sendo penalizado com a perda de 0,2 décimos.

* No item coreografia o maior prejudicado foi o Boi Caprichoso, embora ambos tenham sido penalizados com notas abaixo de 10,0). A justificativa mais usada foi “Sincronia”, além de buracos na arena e lembrar que o espaço usado é uma arena (apresentação muito frontal).

* Observando as justificativas dos jurados no Bloco B tira-se algumas conclusões meio que óbvias. Por exemplo, fantasia grande e pesada apenas para quem tem o biótipo adequado para usá-las; Indumentárias menores, porém funcionais e belas que chamam à atenção pela criatividade puxam a nota para cima maximizando os elementos comparativos: desenvoltura, movimentos, expressão corporal e leveza.

* Não foi a toa que o Boi do Coração tentou levar o artista sensação deste ano no Boi Caprichoso: Makoy Cardoso. Os itens individuais com indumentárias assinadas pelo artista obtiveram elogios rasgados dos jurados. Assim aconteceu com Marcielle, Marcela e Neto Simões.

* Asas Fortes e Brilhantes, senhor do espaço aéreo da Francesa à Baixa, cantou ao cretino colunista que dois reds comissionados de alta patente andam flertaram com o lado blue da força. Um deles,  teve seu nome proferido em voz alta no complexo central da Francesa, mas não agradou aos conselheiros da estrela.

* O Conselho Fiscal do Movimento Amigos do Garantido (MAG) aprovou, por unanimidade, a prestação de contas apresentada pela diretoria da Associação Cultural de janeiro até agosto de 2017. Segundo o parecer, as contas refletem a situação financeira da Associação Cultural, bem como traduzem com exatidão todos os documentos contábeis apresentados, de janeiro a agosto de 2017.

* A Assembleia Geral Extraordinária, que aconteceu no sábado (28), aprovou o parecer do Conselho Fiscal. Segundo Izoney Tomé, presidente do MAG, após a aprovação das contas, a sensação é de alívio e dever cumprido. “É muito bom ao final de um trabalho termos a certeza que fizemos da melhor forma possível e que aplicamos os recursos da Associação de maneira correta”, avaliou.

* O MAG é responsável pela realização dos Currais do Boi Garantido em Manaus. No sábado seus membros participaram da realização do evento “Toda criança é mais feliz no Garantido”, coordenada pelo Boi Garantido realizada na Aldeia SOS. ” Foi um evento, que nos deixou muito emocionados de ajudar. Com certeza a união fez toda a diferença no sucesso da festa”.

* Na próxima sexta-feira (03), o Boi Garantindo promete agitar a ilha com o lançamento de seu tema em busca do título de 2018. A programação terá início na Praça do Cristo e em caminhada pelas ruas da ilha até a Catedral de Nossa Senhora do Carmo onde será revelado o rubro tema.

Anexos:

bloco b CENICO 2

BLOCO B CENICOS

blocoB CENICO

bloco B CENICO

bloco B COREOGRÁFICO

 

É só…

Por hoje!

Até a próxima…

#SouVitima!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: