A chapa esquentou na Baixa

Por Nárnia!

Essa semana o mundo bovino, porém cão mais cão do que bovino dividido entre azul e vermelho assistiu a chapa esquentar na rubra eleição. Denúncia atingindo o vice-prefeito [Tony Medeiros] e seu irmão elevaram a disputa à níveis quase vulcânicos. O cretino colunista avisou: quando terminar a eleição suplementar o bonde de Marco Aurélio vai à rua!

26151715599599

NEM PRESIS

Antônio Andrade, Fábio Cardoso ou Marco Aurélio no dia 24 deste mês será eleito o próximo rubro presis para o triênio 2018 ~ 2020. O cargo de soberano da Baixa do São José além de status e poder confere ao ungido grandes responsabilidades e desafios a serem vencidos, não há bônus sem ônus e no âmbito bovino esta regra possui peso duplo.

MISSÃO 

O escolhido dos rubros sócios terá uma árdua missão pela frente que lhe exigirá visão administrativa, liberdade de atuação e capacidade de planejar e executar. A missão é realizar a tríplice reestruturação necessária ao Garantido: artística, administrativa e social.

ARTÍSTICA 

Nos últimos anos, o Boi Garantido deu um salto de qualidade neste quesito. Artisticamente falando, a plástica e a organização do conjunto folclórico apresentados desde 2014. Pecou este ano na proporção (tamanho) mas, ainda assim com qualidade jamais vista na Baixa.

ARTÍSTICA II

Porém, indiscutivelmente necessita de um upgrade na mente pensante no processo de construção do Boi de Arena: Comissão de Artes. Incorporar a ela sangue novo, com ideias novas e com uma visão mais audaciosa a convencional que levante e execute até a troca de itens.

papo-reto_560043a706ec8

ADMINISTRATIVA 

Para a reestruturação administrativa é necessário a manutenção da transparência financeira, da responsabilidade fiscal e da gestão ativa e aplicada conseguida nos últimos anos. Visando um grau, mínimo que seja, de investimento no lado patrimonial da Baixa que está obsoleto frente à realidade e às necessidades do Boi.

ADMINISTRATIVA II

Ainda na questão administrativa é necessário um esforço ainda maior para enfrentar de frente o mal bovino desta década: as ações trabalhistas. Bloqueio de recursos por conta do não cumprimento de acordos trabalhistas é inaceitável para qualquer associação com o mínimo de respeito com os seus trabalhadores, bem como com um planejamento a curto, médio e longo prazo.

MAL

As ações trabalhistas são problemas gerando em muitos ventres oriundos de gestores que pensaram e agiram com o coração e o fígado ao invés da cabeça deixando-os sempre para depois. Hoje, esse mal engessa/trava o (s) Boi (s): um mais fortemente do que o outro. Nesse cenário, gastar bem no que é necessário é primordial para uma sobrevivência gerencial.

SOCIAL

A última reestruturação é a social. Como gerenciar um universo tão grande de sócios/torcedores e dar o retorno dos investimentos à comunidade da Baixa do São José? Como estimular que se pague suas mensalidade e a troco do quê? Qual a contribuição do Boi no âmbito social visando a integração entre gestão x geridos a fim de oferecer meios de transformação e oportunidade ao meio social?

images

– Curumim alesado?

– Oi meu velho.

– Pano rápido?

– Sim, mande bala!

– Uma prefeitura dividida é?

– Uma chapa ao meio!

– Na mosca. Até que você não é  tão alesado assim!

– Off Line.

fbb4888b-c8ba-4248-bc12-ffa3d51c13fd

Ejacular em um desconhecido em um coletivo, de fato, não é constrangedor. Constrangedor é o julgamento do juiz para este caso. Nossa justiça além de cega está ficando sem noção de decência e valores. Um instrumento de poucos para muitos altamente maleável. Vamos gozar: tá liberando!

Banner_rapidinha(2)

*  A temperatura da campanha rumo à do Garantido elevou-se nessa última semana. Demonstrado que há um racha no grupo do prefeito Bi Garcia.  #1000Grau.

*   A vinculação em massa da notícia de suposta pressão do vice-prefeito Tony Medeiros pedindo votos para seu irmão Marco Aurélio explodiu no colo da gestão municipal e causou um grande rebuceteio nas redes sociais e grupos de sócios. #SoTaComecando.

*  Tony nada negou, bem como disse que não há nada na legislação que o impeça de o fazer e de pedir votos dentro da prefeitura. De fato, não há. Porém, a liturgia do seu cargo pede um certo grau de conduta e postura ética.  #OnusDoCargo.

*   Evidentemente, que ele pode pedir votos para o irmão. Mas, para o próprio bem do candidato e para evitar um marketing negativo, além da manutenção de sua figura política seria mais sensato se o fizesse fora do âmbito da prefeitura e do experiente de trabalho. #EmaisAconselhavel.

* O vice-prefeito pode não conhecer o que chamam de Compliance (complaice). É uma palavra francesa para o conjunto de normas e regras existentes nos âmbitos institucionais e corporativos a fim de garantir a coexistência em um ambiente coletivo de trabalho enfatizando a disciplina para evitar, detectar e tratar desvios ou inconformidade de conduta. #F5.

* Umas das regras contida no Compliance trata da hierarquia e sobre ela recai a prática de assédio (moral ou sexual). Um gestor, hierarquicamente em posição superior, não pode assediar um funcionário/colaborador em qualquer circunstância para obter vantagem, benefícios ou resultado  (no caso, votos) além da clara configuração de conflito de interesse. #NaoPodeNao.

*  O cretino colunista convocou seus pássaros da Baixa: Vermelho, Vermelhaço, Vermelhusco, Vermelhante e Vermelhão (os quíntuplos), Brilho de Fogo e Tucano Boi do Papo Amarelo para lhe passar um relatório completo do ocorrido.  #WorkToWork.

*  Os quíntuplos, que fazem morada na Armando Prado, relataram que a matéria fora produzida dentro da prefeitura, praticamente ao lado do gabinete no vice-prefeito e de lá para blogs e sites de notícias.  #SuspeiteiDesdeOPrincipio.

*  Brilho de Fogo, que faz ninho no São Benedito, não foi longe disso. A ordem teria partido de um dos secretários municipais mais próximos aos mandatário do município muito ligado aos meios de comunicação. #NadaMuda.

*  Tucano Boi do Papo Amarelo, o agente político do bando, entregou o jogo: é fogo amigo! Segundo o emplumado preto e amarelo, tudo ensaiado por aquele que não quer dar mais espaço e poder ao clã Medeiros na ilha. #Entendi.

* O lançamento da chapa Marco Aurélio e Tatiane Barros fez montante e barulho no último final de semana, no ilha Verde. Pode-se dizer que a chapa passou no teste dos nove e, enfim, resolveu entrar no jogo. #AntesTardeDoQueNunca.

* Basta saber se o tempo restante de campanha será o suficiente para recuperar o tempo perdido quando esteve ligada no Stand By. #CorreCorre.

É só…

Por hoje!

Até a próxima…

#SouVitima!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: